terça-feira, 6 de agosto de 2013

São Pedro da Aldeia: Prefeitura aldeense oferece projeto Escola de Postura

Imagem da NotíciaPrevenir, tratar e ensinar a lidar com problemas na coluna. Esse é o foco do projeto Escola de Postura, desenvolvido pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da Secretaria de Saúde, por meio do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) em conjunto com os profissionais das equipes de Saúde da Família - ESF. O projeto é coordenado por dois fisioterapeutas do NASF e destinado a pacientes com encaminhamento médico, hipertensos e diabéticos. A Escola já foi implantada nas oito unidades básicas de saúde da família que fazem parte da área de abrangência do NASF: São João I e II, Porto do Carro, Baixo Grande, Vinhateiro, Ponta do Ambrósio, Alecrim, Arruda e Parque das Orquídeas.
De acordo com o coordenador municipal do NASF, Osvaldo Coelho, o projeto tem contribuído significativamente para a qualidade de vida da população atendida, além de ter reduzido a fila de espera para atendimentos no Centro Municipal de Reabilitação Fisioterapêutica. “Durante as aulas, trabalhamos não somente a questão da prevenção e do tratamento fitoterápico, mas também o autocuidado. Isto é, promovemos a educação em saúde, capacitando esse paciente para que ele mesmo possa reproduzir os exercícios em casa, mudando seus hábitos diários de forma a evitar novas dores e incômodos. Além de proporcionar um nível melhor de qualidade de vida, o projeto tem contribuído para a autonomia do paciente, que passa a depender cada vez menos de assistência médica, terapias complementares e remédios”, explicou.
Imagem da Notícia
O projeto inclui atividades informativas sobre o processo de adoecimento. Durante as sessões, os pacientes fazem diversos exercícios posturais com orientação do fisioterapeuta. O trabalho corporal é feito com a utilização de técnicas de alongamento, relaxamento e consciência corporal, atividades educativas e recreação.
Segundo Osvaldo, a concepção do projeto da Escola de Postura faz parte de uma série de ações estratégicas elaboradas pela equipe do NASF em parceria com as equipes de saúde da família em resposta à demanda de pacientes com dores nas costas. “O NASF não é uma porta de entrada para o usuário. A proposta do Núcleo é ser uma equipe de apoio matricial à equipe do PSF. O que nós fazemos é a chamada ‘agenda compartilhada’. Ou seja, nós promovemos rodas de conversa e reuniões com os profissionais das unidades de saúde da família para que, juntos, possamos traçar estratégias, práticas e ações para, então, definirmos as atividades de educação em saúde que vão ao encontro das necessidades da população. Durante essas reuniões, nós avaliamos as principais demandas, a disponibilidade dos profissionais do NASF e pactuamos um projeto de ação para rodar em todas as unidades. Foi assim que implantamos a Escola de Postura e outros projetos”, explicou.
Cada uma das unidades conta com uma turma de cerca de 20 alunos. São encontros semanais que acontecem na própria sede do posto ou em locais próximos, como é o caso do posto de saúde do Vinhateiro. "Lá o NASF fez uma parceria com a Associação de Moradores para utilização do espaço, já que o posto de saúde não comporta o grupo”, explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário